domingo, 17 de março de 2019

Mais dois meses passaram...

Foi isto... Escrevi um post, cortei o cabelo (vou voltar a cortar) e não voltei a escrever mais. Passaram-se dois meses e qualquer coisa. Há cerca de dois anos entrei numa depressão profunda, logo eu que dizia que nem tinha tempo para isso, que não tomava medicamentos para andar a dormir, tenho sempre tanto que fazer não tenho tempo para andar a dormir ( já disse isto aqui antes).

Conheci a mãe de uma amiga da minha filha mais velha quando ela andava na catequese, que no meio de uma reunião disse que chegou a frequentar um psicólogo mas que num belo dia passou primeiro por uma sapataria e já nem se lembrou da consulta. Na altura sorri e pensei que ela tinha toda a razão. Em vez de gastar dinheiro numa consulta comprava uns sapatos novos. Como diz a cocochanel " uma mulher com os sapatos certos e capaz de conquistar o mundo".

Eu achava que tinha uma auto-estima bastante elevada e que se não fosse assim já tinha cortado os pulsos.
Ultimamente as coisas não são bem assim.
Como diz uma boa amiga, a vida não é uma linha recta, e não estamos sempre lá em cima felizes e contentes. A vida é cíclica e há que estar preparada para o que vem a seguir, ser forte o suficiente. O problema é quando parece que o mundo nos cai em cima...

 Quem me segue no Instagram já sabe que o jeitoso voltou para casa.

Depois de mais alguma medicação (novamente) e várias consultas com a psicóloga, quando ela me perguntou como é que eu estava pior, antes ou agora? A resposta era óbvia.
Temos muitos problemas mas separados não estamos melhor. São 20 anos juntos quando ainda eramos dois miúdos. Provavelmente ninguém vai entender, também não interessa nada, nem nós entendemos porque andamos nisto.
Não sou a favor de medicamentos, e os que tomava eram fortíssimos passava a vida a dormir para "equilibrar a serotonina..." dizem os médicos.
Os últimos que me receitaram era tipo benuron, nem faziam bem nem faziam mal "não deixe de tomar pode sentires tonturas, náuseas, etc etc...
Nada. Era exactamente como se tomasse uma aspirina.

Dormir de noite era como se tivesse um despertador no corpo, ou na cabeça... Sei lá.
Todas as noites eu estava exausta como se tivesse levado uma carga de porrada o dia todo, no fim do dia adormecia e entre as 00h e as 1h da manhã acordava, voltava a adormecer e entre as 4h, 4h e pouco acordava e não dormia mais. Dias e dias a fio.
Entretanto às 7h da manhã tinha que me levantar e pronto era mais um dia.

Podia parecer, mas não era fácil. E nao, não tinha nada controlado.

Ainda não consigo tirar fotos, nem fazer novos projetos /planos para o futuro, acho que nunca os fiz.
Saem sempre ao contrário e por isso sempre os deixei seguir o seu rumo.

Algo que eu gostava de planear era um fim de semana a dois de dois, duas vezes por ano (nem pedia mais) há16 anos que isso não acontece, mas sempre que surge uma oportunidade sinto-me culpada se não levar o rebanho atrás.

A primeira vez que me afastei da Victória 10 minutos, tinha ela dois anos e foi apenas para ir comprar pão enquanto ela dormia em casa da minha mãe. SouSuma mãe galinha, polvo, um curral inteiro mas não consigo separar-me delas e pensar que podem precisar de mim.

Não tenho mais ilusões com empregos isto e aquilo, eu sou mãe, não sou mulher de negócios nem quero saber disso para nada. Não vale a pena aliciarem-me com um grande ordenado ou algo que eu até goste mesmo de fazer, para mim trabalho só se elas não tiverem em casa. Quando chegam eu tenho que cá estar, á noite tenho que cá estar, fim de semana, férias, nos dias de greve nos dias em que estão doentes... Nada paga o e tempo perdido e elas estão a crescer é agora que precisam de mim, depois têm as as ferramentas para saberem lidar com a vida sozinhas.
A Catarina é uma miuda super desenrascada, sempre teve montes de amigos, tem um namorado lindo e super querido, com ela e connosco, sabe lidar com várias situações completamente sozinha e sempre que vou a reuniões na escola só ouço elogios.
 Adivinhem só? Dormiu comigo até aos 8 anos. Tanto que eu ouvi que a estava a estragar, que ela nunca ia ser independente blablabla... Aos 8 anos disse-lhe que ia ter que dormir na cama dela e se por acaso acordasse de noite podia vir para a minha. Veio sempre que quis e partiu-me o coração no dia em que lhe perguntei se queria dormir comigo e a irmã, e ela respondeu simplesmente "para quê?" O pai sempre trabalhou por turnos e a cama era demasiado grande só para mim.
 Não come fruta nem vegetais, é super saudável vou mais vezes eu ao médico que ela. Sempre a levei comigo a todo o lado sempre esteve ao lado das nossas conversas entre amigos e nunca numa mesa a parte "porque não são conversas para crianças". Sempre fiz questão que ouvisse as nossas conversas e se falássemos sobre um assunto sério ela ia dar conta e tirar as suas próprias conclusões. Depois partilhava comigo. Sempre se deitou quando eu achava que devia ser e não quando os outros diziam, nunca viu filmes parvos e sempre teve redes sociais onde eu estava presente. Sempre vi o tlm dela até achar que não era preciso. Ainda hoje é assim.
Conheço os melhores e as melhores amigas dela, falo com varias/os deles no Instagram e ela refila que são amigos dela não meus, mas tem bons amigos e sabe escolhe-los por isso nunca me importo de os acolher cá em casa, fazer bolos e "atura-los". As vezes tento envergonha-la mas não vale a pena... Ela assume logo com o maior á vontade.
Sempre que lhe disse que não gostava desta ou daquela companhia, sabia que não valia a pena proibir, e cedo ela se apercebia que não valia a pena.
Estive sempre presente se calhar por isso é assim.
A miuda chorou e soluçou no dia em que a obriguei a comer um morango. Não gosta mesmo. Há que respeitar, ponto. Eu sei até onde posso ir com ela(s).


Respeito todas as mulheres que trabalham e têm ambições na sua carreira, respeitem a minha. Só. Acho lindamente que sejamos mulheres que tenhamos direitos iguais, sou feminista o quanto baste. Aqui não há avós, tios, nem primos, nunca houve, e nunca me passou entregar as miúdas num ATL de manhã e ir buscar no final do dia, dar banho jantar e deita-las na cama.

Não faço planos milionários porque sei que nunca vou chegar lá, o que tenho chega.

O jeitoso está ca, vamos continuar, vamos ter a nossa família e a nossa casa.

 Amanhã será melhor.



Porque é que falei/escrevi aqui tanto?
Porque em primeiro lugar escrevo o que me apetece, isto não é um blogue onde me pagam para escrever. Podem chamar o que quiserem, maluquinha é um elogio.
Segundo quanto mais as vozes mudas me chegam ao ouvido e dizem "ela conta a vida toda!" Mais vontade me dá de escrever, e acreditem que tenho tanto mais que isto tudo para contar, a minha vida é mesmo muito mais que isto.
Terceiro, foram mesmo muitas as que disseram que têm saudades da dama das camélias, eu falava muito de nós e gostavam de me ler como uma família real sem filtros. O homeliving é só a casa.
Confesso que até eu as vezes tenho saudades de ler o blog e ver coisas nossas.

Portanto é provável que se voltar a escrever com mais frequência venha a falar muito de nós.

Tenho a cabeça completamente virada do avesso, mas isto um dia melhora, quando não sei ;)

12 comentários:

urmystars.blogspot.pt disse...

A vida é assim. Colorida quando tem que ser, negra quando acontece e às vezes sem cor e cabe-nos a nós na medida das nossas forças dar cor à nossa vida, mas às vezes não conseguimos. Escreve o quanto quiseres se isso te faz sentir bem e quem não gostar ponha de lado. Também tenho saudades das Camélias mas a Dama é quem sabe se volta a plantar ou não. Um beijinho.

Unknown disse...

Há muitos anos que a leio. Desde "A Dama das Camélias". E adoro o que escreve e como escreve.
Desejo que seja muito feliz, sejam quais forem as escolhas que fizer para a sua vida, só lhe dizem respeito a si.
E sim, escreva mais. Afinal tem uma casa nova e tanto para nos inspirar.
Dulce

carla pereira disse...

Beijinhos grandes 😘 Lúcia as melhoras.eu adoro"ouvi-la".😘

carla pereira disse...

Beijinhos grandes 😘 Lúcia as melhoras.eu adoro"ouvi-la".😘

Sweet disse...

Adoro ler o que escreves, quer aqui, quer no instagram. És uma mulher e pêras! Eu também tenho uma filha de 16 anos e ao ler tudo o que escreveste sobre a Catarina parecia que estavas a descrever a minha relação com a minha filha. É tal e qual! Espero que continues por aqui 😊

Maria disse...

Lúcia (deixe-me trata-la assim), a sua vida e determinação são uma inspiração, até para quem tem as chamadas "vidas boas".
Altos e baixos todos os casais têm. Falo do alto dos meus 40 anos de casamento. Também nós, durante muuuuuuitos anos nunca saímos a dois.
Vai ver que com o crescimento das pequenas isso melhora.
Abraço.
Carolina

Anasus disse...

Olha posso ate nao gostar muito da cozinha
😂mas gosto do que escreves e nao nao temos de ser todos iguais nem ir pelos que os outros dizem ser normal
E sim,amanha sera outro dia e será melhor se nao for olha bola pra frente,que um dia melhor virá

Carina disse...

AS melhoras Lúcia, melhores dias virão de certeza.
Gosto muito de a ler, é uma inspiração.
Beijinhos grandes :)

ines disse...

Era dos poucos blogues que eu vinha todos os dias ver se havia novidades. Revejo me em si em tantas coisas e adoro as suas ideias para reciclar aquilo que a maioria das pessoas acha "lixo". Revejo me na sua familia "real" com altos e baixos e adorava que voltasse a escrever com mais regularidade. Embora a siga no instagran não é igual... Muita força para si e agarre se aquilo que de bom há á sua volta..o resto..o resto não interessa nada....beijinhos

Anónimo disse...

Continue a escrever, faz bem à alma!
Nem sempre a vida é fácil, mas ter a coragem de seguir em frente e lutar até que não tenhamos mais força, não é para toda a gente. Por isso desejo-lhe muita Força!

Sara disse...

Que felicidade que é reencontrar-te e ler-te de novo <3
Esbarrei-me contigo no instagram e vim cá parar! Só agora comecei a ler! Estou a ver que há imeeeeensas novidades!
Bom ler-te! Beijo enorme!!!
Sara -

عبده العمراوى disse...



شركة تسليك مجارى ببقيق
شركة مكافحة حشرات ببقيق
شركة تنظيف منازل ببقيق
شركة تنظيف بيوت بالجبيل
شركة تنظيف مجالس بالجبيل
شركة المثالية لتنظيف الموكيت بالهفوف
شركة المثالية لتنظيف السجاد بالهفوف
شركة المثالية الدولية للتنظيف بالهفوف