sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Lavatório de WC




Recebi um email de uma leitora que me pedia uma foto completa do meu lavatório da casa de banho.

Esta era uma cómoda da avó do meu marido, em madeira escura e foi talvez a segunda peça que eu reciclei. Um dia farta de a ver escura, decidi sem qualquer primário e com uma tinta que tinha para madeira, dar umas pinceladas na dita.
Em seguida lixei as arestas e os cantos como se não houvesse amanhã! Saiu-me bem a obra e gostei muito mais do resultado. Se fosse hoje talvez a tivesse deixado completamente branca... ou a deixasse como estava.

Antes:


Utilizei-a como cómoda no meu quarto durante bastante tempo. Até que achei que precisava de um lavatório melhor que este:


Era feio, feio, todos os dias, nem mesmo a torneira brilhava nele. Nunca tirei uma foto completa à casa de banho quando nos mudámos, mas a sanita era castanha com relevos, bem como o lavatório e o bidé (que foi imediatamente retirado uma vez que aqui em casa ninguém o utiliza). Isto tudo com um chão de tijoleira e uma barra castanho mel nos azulejos...
A nossa casa é alugada e não íamos por isso gastar muito dinheiro ou fazer grandes obras.

Em primeiro comprámos uma sanita com tanque branca, e um chão de vinil que imita o chão de madeira flutuante (quanto a mim é óptimo, limpa-se com a esfregona e está aqui já há 5 anos apenas colocado por cima da tijoleira sem cola e apenas fizemos o orifício para o tubo da sanita, a qual foi aparafusada por cima do mesmo). Por mim tinha a casa toda com chão de madeira adoro aqueles nós e as tábuas corridas.

Mais tarde lembrei-me da cómoda. Bastava comprar um lavatório de pousar fazer um pequeno furo com o berbequim e instalar a canalização.


 Com a canalização colocada, consigo continuar a utilizar todas as gavetas. Foi feita uma abertura na parte traseira para a tubagem da parede e na gaveta superior, o meu marido fez um ajuste para que os canos passassem livremente.










Consegui encontrar uns puxadores pretos no Aki (6 por 60cêntimos!) e o resultado ainda se mantêm o mesmo após alguns anos. A intenção foi sempre comprar um vidro para colocar no tampo e impedir que as águas estragassem o móvel, mas ainda não o comprámos. E na verdade está como sempre.








No total a "remodelação" ficou-nos por 30€ o lavatório, 19€ a torneira e 20€ o chão (tudo no Bricomarché). A sanita foi paga pela senhoria, e o lavatório se eu quiser um dia levar comigo posso sempre comprar um em segunda mão branco, simples com pé, para deixar ficar.

15 comentários:

Anónimo disse...

simplesmente adorei

Mónica Almeida

Life is Sweet disse...

Lindíssimo!!! Eu tenho tanto medo de estragar os móveis que não me atrevo a experimentar, mas as tuas ideias são geniais. Beijo

Val disse...

Gosto muito, Lúcia, penso que já te disse uma vez mas vou repetir: admiro a forma como vcs se atiram às coisas aí em casa, e conseguem fazer de uma casa comum, e que não é vossa, um lar confortável e cheio de boas ideias! bj

Açucena Flor disse...

Gosto muito do resultado. Às vezes não é preciso muito dinheiro, basta bom gosto e algum jeito.

Lucia Silva disse...

Obrigada :) há que arriscar de vez em quando! Um dia experimenta num móvel "velho" ou num banquinho. Depois de lhe apanhares o jeito não há quem te pare, ehehe.
Beijo

Lucia Silva disse...

Obrigada Mónica! :)

Lucia Silva disse...

Obrigada Val :) é o que temos, por isso temos que fazer dela um lar, é isso mesmo!
Nós damos a mão de obra e investimos naquilo com que podemos ficar, a senhoria é uma pessoa fantástica e concorda sempre com o que eu digo (que sorte a minha!). Segundo ela "a casa é vossa", isso vale muito para mim.

Um beijinho grande

Lucia Silva disse...

Obrigada! Na verdade o dinheiro é sempre necessário... infelizmente. Mas às vezes podemos contornar as coisas :)

Helena Gonçalves ou Lenny disse...

Olá Lúcia, parabéns! Mais um trabalho fantástico!
Bom fim de semana, beijinhos:)

Angélica D disse...

Hola amiga querida ! Guauuuuuuu lindo lindo ,, yo sueño con poner alguna cómoda en mi baño , se va entra for y muy vintage , ,,que tenga un óptimo fin de semana
Besos

O meu pensamento viaja disse...

Como ficou bonito! Apenas colocaria o tal vidro. De resto, simplesmente adorável.
Bj

amigos das onze horas disse...

Não há dúvida que ficou bem acolhedor. Podes falar um pouco sobre esse chão de vinyl?Passas líxivia e ele não se estraga?Sem cola como é que ele fica fixo?Não se nota as juntas da cerâmica por baixo?Se fosse hoje voltarias a pôr?Ao vivo nota-se que não é madeira?Não estraga a tijoleira por baixo?Beijinhos

Lucia Silva disse...

Prometo fazer um post sobre isso ;) mas desde já colocava sim até na casa toda!!! Eheeh:)
Beijinho

Dança do Pincel disse...

Está lindíssimo parabéns.

Cátia disse...

Só hoje conheci o seu blog e enquanto o "devoro" fico a pensar "mas como é que eu não descobri este blog fantástico à mais tempo???".

Muitos parabens pelo trabalho fantástico! Adorei o resultado da casa de banho, com pouca coisa conseguimos renovar um espaço :)
Eu juro que quando vi o movel da casa de banho pensei que tinha comprado assim :) Está muito bonito!

beijinhos!!