quinta-feira, 24 de julho de 2014

Mais uma reciclagem económica


 Desta vez, foi a escrivaninha do quarto das minhas filhas. Este móvel pertenceu ao meu sogro, ainda deve ter estado com o meu marido durante algum tempo, em seguida foi a vez do seu primo, mais tarde regressou a casa do meu sogro para o quarto do seu filho mais novo e finalmente para as minhas filhas. Humnm, muito andamento tem este móvel.

Ali no cantinho a dita escrivaninha, e o meu marido. É mesmo a cara da nossa filha Victória, e partilham do mesmo estilo.... sempre sem roupa.

Depois serviu como secretária da nossa filha mais velha, e quando nasceu a pequenina usei-a como muda fraldas. Curiosamente o interior nunca foi pintado.


Com uma nova pintura e papel autocolante reciclei mais uma vez esta "escrivaninha". 



Na verdade, tudo começou quando pintei o quarto delas. Tinha tinta branca e um pouco de azul da última vez que pintámos o nosso quarto, um mais um igual a dois e foi o tom que saiu. Quanto a mim podia ter ficado um pouco mais forte, ainda assim gostei do resultado.

 O problema... a tinta não chegou para este recanto que o quarto faz. A solução foi encontrar um papel autocolante e este tem exactamente o tom do azul com um pouco de rosa.



Não foi a solução perfeita mas foi a mais económica encontrada.
Eu achava que estas paredes rugosas nunca iriam aguentar mas já se mantém assim há mais de 3 meses




Há sempre mais qualquer coisa a reciclar...

15 comentários:

Carina Ferreira disse...

Adorei o resultado! O quarto cada vez está mais bonito, mas presumo que a beleza dele não termina por aqui, certo?

rosinha cruz disse...

Eu adoro as tuas reciclagens, a Ana tem uma igual no quarto, sem pés.
Tu és uma inspiração para as minhas tentativas de reciclagem ,pq infelizmente não tenho 1/3 do teu jeito.
Beijinhos

Home change Home disse...

Quem procura encontra :) :) ( A propósito do há sempre mais qualquer coisa a reciclar... )
A escrivaninha ficou um mimo e o papel de parede também... às x quando temos de encontrar solucões saiem coisas medsmo engracadas :)
Um grande beijinho Lúcia :) :)

Maria João disse...

E tu não paras de nos surpreender!!!!
Digo-te uma coisa, ainda bem que a tinta não chegou, pois ninguém diria que o motivo do papel na parede seria esse, mas sim, um belo pormenor decorativo. Gostei muito da reciclagem da escrevaninha, mas o papel naquele recanto, deixou-me fascinada.
Isto sim é decoração sustentável :)
Um grande beijinho e bom fds,
MJ

Patrícia Pinto disse...

Caramba!!!! Está mesmo giro!!!!!!!!!!!!! Já te disse que te admiro, já?!!!!!!!!!!!!
:)

Ju disse...

Tu és genial!
A tua casa parece uma casinha de bonecas. Adoro! :)

PINTA ROXA disse...

Sempre a inovar...
beijinhos

Dança do Pincel disse...

Muitos Parabéns pelo seu talento, faz alterações muito bonitas.

Anónimo disse...

Olá,

Sem querer ofender, assim a parede parece-me "retalhada", eu teria colocado papel até baixo, acho que ficava perfeito. A cómoda está muito gira.

Anabela

Lucia Silva disse...

Não ofende, porque a ideia era essa :) e se fosse o caso não ficava tão económico.

Lucia Silva disse...

Pois parece que não? :)
Nunca fica por aqui....

Beijinhos

Life is Sweet disse...

Já andei uns tempos a pensar em arranjar uma escrivaninha dessas, acho tão lindas assim recicladas tal qual a tua. Adorei. Beijo

Fabiana Simone Torres Tardochi disse...

Olá!

Que móvel maravilhoso. Amei a transformação e quarto ficou show.
Parabéns!!!

Um beijo e bom final de semana

Helena Gonçalves ou Lenny disse...

Olá Lúcia, tudo lindo... A parede, o móvel...
Tens umas mãos de fada.
Beijinhos e um bom domingo!

Michelle Hernandez disse...

Lúcia,

Ficou linda a escrivaninha e a parede muito original.
Eu tenho umas caixas revestidas com esse mesmo papel :)
Besitos