terça-feira, 22 de julho de 2014

Porta colares (ou cabideiro)

Cabideiro isto diz-se?? Na minha linguagem sim.


As minhas crianças não têm ordem de ficar o dia inteiro em frente à televisão, ou a jogar consolas nem mesmo a fazer pulseiras de elásticos, nova moda que não pára. Tento sempre ocupá-las com alguma coisa mais interessante, ao ar livre, ou fazer com que me ajudem nas tarefas domésticas. Não vejo mal nenhum nisso e a Victória adora ajudar a tirar a loiça da máquina (à vezes até tenta colocar a loiça suja e é um verdadeiro desastre!) e não deixa a cama por fazer, nem deixa a irmã se esquecer: " Kaká chacha cama!!"
Já a minha filha mais velha diz que nenhuma das amigas dela faz a cama, nem ajudam em casa. Acho mal, é a minha opinião, com 11 anos não vejo porque não ajudar os pais.

Ontem queriam pintar. Arranjei dois pedaços de madeira para cada uma, restos de um sofá que só servia mesmo para lenha... e dei-lhes tinta de água branca (de parede, mais fácil de limpar e obter o resultado que eu queria).

Estiveram entretidas cerca de meia hora... não foi muito mas entretanto esqueceram-se que estavam aborrecidas.




 Em seguida dei-lhes uma lixa 120 e pedi-lhes para limpar bem a madeira, principalmente os cantinhos. A Vi adorou, ria-se imenso, quanto mais força fazia para limpar mais se ria.

A mãe fez alguns furos com o berbequim, e aplicou também alguns pregos e camarões.


Escolheu alguns puxadores que andavam cá por casa e pintou-os a spray dourado (ando com uma pancada qualquer por dourado e branco ultimamente).
A melhor forma para pintar puxadores é esta: coloco um pau de espetadas em cada um deles e coloco-os na terra.




No final um suporte para colares no quarto das meninas.






E um cabideiro (?!) na entrada.




24 comentários:

Anónimo disse...

Diz-se cabide mesmo.
Bem giro por sinal.

Carla - Arte e Manha disse...

Ficaram ambos muito bonitos, parabéns às meninas que se podem orgulhar de participar nos diy's da mãe :)
Beijinhos

Velud'arte disse...

Seja rapaz ou rapariga, na minha opinião, faz parte da formação das crianças aprender a partilhar tarefas na lida da casa. Não lhes faz mal nenhum, apenas os ensina a crescer. Não estamos a falar de sobrecarregar as crianças com trabalho! Trata-se de a par das brincadeiras, que realizem algumas pequenas tarefas. No caso da ffilhota, ea adora tirar a roupa da máquina e ir comigo estende-la. Quanto mais crescidos mais devem aprender e fazer. Só os ajuda a ser pessoas mais seguras! Eu da idade da Catarina já ajudava o meu pai no trabalho, pouco ou nada fazia em casa. Quando precisei, não sabia cozinhar, lavar roupa... aprendi tudo sozinha, mas acredito que se levasse bases seria tudo mais simples!

És uma super mãe! Para além de lhes ensinares a responsabilidade das pequenas tarefas, mostras-lhes como conseguem a partir de restos que andam guardados na garagem, fazer coisas lindas, é só preciso imaginação! Acredito que estás a formar duas meninas poupadas, criativas e a dar valor a cada pequena coisinha! Aprendem a trabalhar em equipa, o que também é bom! E é bom para ti, já que essas bricolages as acalma!

Como sempre, em tudo o que tu ou as tuas filhas põe a mão, sai sempre um trabalho encantador!
Adorei os dois, mas principalmente o suporte dos colares da Catarina, por ter os apoios desencontrados, e as duas flores ao centro, ficou lindo!

Claudia G. disse...

Eu chamo ahahhahah Tudo giro! :D

Maria João disse...

E pronto...3 em 1;
Entretêm-se as crianças, reutiliza-se o que já não tem uso e decora-se mais uns cantinhos da casa.
E tu Lúcia, sempre com uma GRANDE imaginação e BOM GOSTO:
Bjs,
MJ

Anabela (Aproveitar a Vida) disse...

Tão simples e ao mesmo tempo tão bonito e feminino. Adorei a transformação.

Bjs

Lucia Silva disse...

Obrigada :) cabide para mim é mesmo onde se pendura a roupa no armário. Cá em casa usam-se termos que não lembra a ninguém.
E obrigada pelo elogio também!

Lucia Silva disse...

Obrigada :) elas adoram participar!
Beijinhos

Lucia Silva disse...

:) é verdade não vejo mesmo mal nenhum nisso! Mas depois tenho que a ouvir reclamar que só ela é que faz tudo, na idade dela as amigas não fazem nada, bla blá blá!! No entanto adora cozinhar e pintar (dúvido que as mães também as deixem fazer o mesmo).

Obrigada pelas tuas palavras!!
Um beijinho grande

Lucia Silva disse...

Boa! Fico mais contente :)
Tenho a mania de dizer coisas que acho natural para mim que os outros percebam...

:D Beijinhos

Lucia Silva disse...

Mai nada!! :) ehehe
Um beijinho grande

Lucia Silva disse...

Fico contente que tenhas gostado Anabela :)
Beijinho

Val disse...

Ficou bem giro Lúcia, estes trabalhos a 6 mãos. Cabideiro, penso que é termo que se usa no Brasil. Mas desde que se perceba, tb nós podemos empregá-lo. Bjsss (ainda não comentei o post do móvel mas ainda lá vou!)

Home change Home disse...

Gostei muito do cabideiro :) Principalmente do que tem os puxadores dourados ( também ando com especial atracção pelo branco e dourado ) excelente ideia a de pedir participação às filhotas, elas adoram e o trabalho conjunto aproxima ainda mais... é uma sensação muito boa :):)
Beijinhos
Teresa

Life is Sweet disse...

Muito bonito e a custo zero, tudo reciclado o que é melhor. Eu tenho uma coisa do genero para os meus colares.
A minha filha também tem 11 anos e uma das tarefas dela é levantar a mesa e fazer a cama dela pelo menos ao fim de semana. Não lhes cai nada ao chão e sabem que as tarefas são para partilhar. Beijo

Helena Gonçalves ou Lenny disse...

Ficaram muito fofos esses trabalhos feitos pelas meninas.
Parabéns:)

Lucia Silva disse...

Então e como se chama a fêmea do pardal? Eheheh, nem vou dizer como eu a chamo... tenho um dialecto muito especial:)
Obrigada Val, fico contente que tenha gostado!
Beijinho

Lucia Silva disse...

É óptima mesmo!! :)
Um beijinho Teresa, temos gostos similares

Lucia Silva disse...

Obrigada ;)
É isso mesmo não lhes cai nada!!
Um beijinho

Lucia Silva disse...

Obrigada Lenny :)
Beijinho

Angélica D disse...

Hola amiga querida ! Que lindo esos niños trabajando , muy linda la idea de pintar esos pomos dorados con ese desgaste rojizo
Besos

Lulu walkingonsunshine disse...

Olá linda :)
Cá em casa a M. também já vai ajudando, porque aqui a "escrava Isaura" não pode com tudo ;)
Uma vez vi na televisão um psicólogo a falar sobre educação e disse uma algo que nunca me esqueci "deixem os filhos fazer sempre a cama ,mesmo que tenham empregada ".
Eu não tenho empregada ,a "Isuarinha sou eu " mas isto tudo para dizer que é bom incutir responsabilidades e só lhes faz bem .
Eu com 14 anos já limpava a casa dos meus pais de uma ponta a outra ,e não me fez mal nenhum .
As bricolices com as miúdas é sempre divertido e mais uma vez fizeste saiu dai um bom trabalho .
Dourado ,dourado é tendência e eu adoro :)
Bj grande
Lulu

Nadine Pinto | Fotografia disse...

Muito bem, és cá das minhas. Crianças que não fazem a cama com 11 anos, sejam meninas ou meninos, é ridículo.
Eu sou adepta do ensino doméstico, como sabes e filhos meus nunca vão estar quietos. Sempre ocupados e bem ocupados.
Adorei o cabideiro, eheh.
Beijinhos

Talita de Oliveira disse...

Olá Lucia.
Adorei a ideia, meus colares ficam dentro de uma caixa, então sempre embolam um no outro, e essa ideia é ótima.
Ficou lindo, amei os puxadores.
Beijos!


http://simplesmentedecor.blogspot.com.br/